United Airlines discute acordos de joint venture com três companhias aéreas na América Latina

A United Continental Holdings, terceira maior companhia aérea dos Estados Unidos, está analisando joint ventures com três companhias aéreas latino-americanas em um futuro próximo. O presidente da companhia, Scott Kirby, declarou em evento do setor nos EUA que, diante da instabilidade do mercado regional, é complicado definir uma data para os negócios. Os acordos estão sendo negociados com a colombiana Avianca , com a panamenha Copa Airlines e com a brasileira Azul. ““Eu acho que conseguiremos fazer (acordos) em um futuro não tão distante, mas é difícil prever o momento exato”, disse o executivo. “Toda a turbulência na América Latina torna as coisas mais complicadas.” 

No evento, Kirby acrescentou que as parcerias podem melhorar a conectividade entre os EUA e os mercados de aviação da América Latina e criar oportunidades de crescimento. No começo do mês, executivos da Azul afirmaram que a empresa estava conversando com a United sobre uma joint venture após a conclusão do acordo de céus abertos entre Brasil e Estados Unidos. Na ocasião, o presidente do conselho da Azul, David Neeleman, disse que a conclusão de um acordo desse tipo “leva tempo”.

Com relação ao negócio entre Boeing e Embraer, o presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, disse a jornalistas, depois de um evento no banco, que o aval do governo ao acordo não está vinculado ao calendário eleitoral. “Não condiciono isso (o aval) a questões políticas... é um processo em andamento e terá seu tempo natural, sem envolver a política”, disse Oliveira. Pessoas próximas às discussões relatam que o governo brasileiro estaria retardando o aval da operação com receio de contestações por candidatos da oposição durante a campanha eleitoral. O anúncio da compra foi feito em julho e prevê que a Embraer tenha, na nova empresa, 20% do setor de aviões comerciais e mantenha o negócio de aeronaves militares e de defesa, bem como a produção de jatos executivos.

Fonte: https://www.lexisnexis.com.br/lexis360/noticias/1383/united-airlines-discute-acordos-de-joint-ventur