Gol planeja aumentar frota em mais 3 aeronaves em 2010

(Estadão)SÃO PAULO - A Gol Linhas Aéreas Inteligentes anunciou esta noite suas perspectivas financeiras para 2010. A empresa estima elevar sua capacidade operacional na mesma proporção do crescimento da demanda. Segundo a companhia, entre os fatores que deverão elevar essa capacidade está o aumento da frota operacional em três aeronaves, passando de 108 ao final de 2009 para 111 em 2010.

Outro fator será a maior participação das aeronaves B737-800 no mix de frota operacional (de 61% em 2009 para 64% em 2010), o que resultará num acréscimo de 3,5% no total de assentos este ano.

O terceiro motivo será o crescimento da taxa de utilização média das aeronaves de 11,9 horas bloco/dia em 2009 para até 12,8 horas bloco/dia. Segundo a Gol, essa é a principal ferramenta para ajuste da oferta de assentos total em relação ao comportamento da demanda.

A companhia estima também que a taxa de ocupação média em 2010 tende a se aproximar de 70%, com retornos estáveis em relação à media de 2009. "A faixa de yield (retorno) entre R$ 19,50 e R$ 21 contempla cenários de menor ou maior volatilidade no mercado de capitais e/ou mudanças no cenário econômico ou no perfil dos consumidores", diz a empresa, no comunicado.

A Gol calcula ainda que seus custos operacionais por assento/quilômetros voados, excluindo combustíveis, atinjam entre R$ 8,50 e R$ 8,90 em 2010, uma redução de até R$ 0,30 na comparação aos R$ 9,20 centavos de 2009. Segundo a empresa, isso se deve à diminuição do número de aeronaves não operacionais, com a devolução de 11 Boeing 737-300 que estão atualmente em fase final de manutenção e devolução. Outro fator é a assinatura de contrato de sub-lease de uma aeronave B767-300 por 36 meses para uma empresa de charter norte-americana em dezembro de 2009.

A empresa cita ainda o aumento da taxa de utilização média e o impacto positivo da taxa de câmbio média de 2010 em relação a 2009 como fatores para a redução de custos.

Fonte: Agencia Estado