CVC estuda possível capitalização para fortalecer balanço

Companhia aprovou a contratação do Itaú BBA para avaliar operação

A agência de turismo CVC informou, em fato relevante divulgado nesta quinta-feira, 23, que está avaliando uma possível capitalização “com o objetivo de fortalecer o balanço”. A empresa, que espera um crescimento das vendas de pacotes de viagens nos próximos meses, aprovou a contratação do banco Itaú BBA para a possível a operação.

Segundo a CVC, a capitalização ainda está sob análise e depende das “condições de mercado” e de aprovações societárias.

Em março, a companhia implementou um programa de corte de gastos para atravessar o período de menor demanda em função do coronavírus covid-19. Entre as medidas, a empresa cortou em 50% os salários de seus diretores e membros do conselho, cancelou eventos de marketing e postergou projetos tidos como não prioritários. Com isso, a CVC espera manter um gasto médio mensal de 50 milhões de reais. 

De acordo com os últimos dados divulgados, no fim de 2019, a CVC tinha 365,4 milhões de reais em caixa. Embora tenha iniciado um plano para levantar mais dinheiro, a companhia afirmou no fato relevante que “possui um balanço sólido” e que “permanece avaliando outras medidas para proteção da sua situação financeira”. 

Fonte: Exame.Abril