Ave de Rapina: avião híbrido da Airbus imita pássaro em busca de economia

Ave de Rapina: avião híbrido da Airbus imita pássaro em busca de economia

 

Ave de Rapina é um novo conceito de avião exibido pela multinacional aeroespacial europeia, que não tem planos de construi-lo, apenas de apresentar um projeto conceitual com o objetivo de motivar novos engenheiros aeronáuticos. A exibição da aeronave e o evento destacaram o 50º aniversário da Airbus como fabricante de aeronaves.

Inspiração animal

O veículo apresenta um conceito de motor elétrico híbrido, turbo-hélice e design semelhante a um pássaro. Imitando uma ave de rapina, o avião apresenta cauda e asa divididas com pinos individuais como penas, estruturas que poderiam ser manipuladas de forma individual, fornecendo controle ativo do voo.

A aeronave apresenta cor bronze e uma união asa-fuselagem inspirada na aerodinâmica de uma águia ou de um falcão. O design é baseado em ideias realistas e representa o potencial da \"biomimética\", que inclui a produção de estruturas inspiradas nos sistemas encontrados na natureza. A iniciativa do design conceitual foi apoiada pela campanha GREAT Britain, pela Royal Aeronautical Society, Air League, Institution of Engineering e Technology and Aerospace Technology Institute.

O ideal sustentável do modelo

A empresa desenvolveu o conceito para transportes regionais com o objetivo de motivar a engenharia aeronáutica na aplicação de novas tecnologias. O sistema de propulsão do design, com motor híbrido elétrico, poderia fornecer uma redução de 30% a 50% da queima do combustível. Isso tornaria a aviação mais sustentável e ecológica, que é uma das prioridades de toda a indústria, de acordo com Martin Aston, gerente sênior da Airbus.

Ainda segundo Aston, voos mais limpos e silenciosos também são objetivos do mercado da aviação. Aviões híbridos elétricos exigem menos combustível do que aeronaves atuais, e o desenvolvimento dessas opções está ganhando força no mercado aeronáutico. No ano retrasado, por exemplo, a Boeing passou a apoiar financeiramente a startup Zunum Aero.

Fonte: TechTudo